Patologias

 

PATOLOGIAS do PÉ

O pé doloroso

As técnicas inovadoras no âmbito da cirurgia dos pés para a solução das mais comuns patologias do pé doloroso.

    O uso das técnicas percutâneas minimamente invasivas para os problemas da parte anterior do pé. Tais técnicas NÃO contemplam:

  • necessidade de muletas;
  • repouso forçado em leito durante a convalescência;
  • cortes cirúrgicos (serão feitos somente pequenos acessos cutâneos de 2-3 mm);
  • permanência de objetos metálicos após a cirurgia;
  • dor no pós-operatório (em alguns casos, se verifica, mas nada que não possa ser gerenciado com o uso de medicamentos);
  • internação noturna (é utilizada anestesia local e – somente quando necessário – uma leve sedação).
  • Nestas fases não há empecilhos particulares, é permitido inclusive dirigir automóvel. Além disso é possível um apoio plano por completo com calçamento específico. Depois de quatro semanas da data da cirurgia é removida definitivamente a bandagem. É então possível retornar a um calçamento normal e retomar as próprias atividades. É recomendado pedilúvio com água morna e desinfetante.

Entre as patologias solucionáveis através das técnicas percutâneas, aquelas mais notáveis são: